Richard Fortus: Bossa Nova ao Guns N’ Roses

2 03 2010

Axl Rose e Richard Fortus ao vivo

Há nove anos com o Guns N’ Roses, Richard Fortus demorou a se firmar na cena principal do Rock. Natural de Saint Louis, Estado de Missouri, Estados Unidos, ele obteve sucesso regional com sua primeira banda, The Eyes, principalmente na década de noventa, quando lançou “Freedom In A Cage” (1990) e “Straight To Goodbye” (1991 – este último já com o grupo renomeado como Pale Divine).

O passo seguinte do músico foi integrar o Psychedelic Furs, conjunto para o qual abrira alguns shows. Aproximou-se e desenvolveu relação profissional muito produtiva com os irmãos Richard e Tim Butler, acompanhando-os em um projeto chamado Love Spit Love. Leia o resto deste post »





Richard Fortus: Bossa Nova ao Guns N' Roses

2 03 2010

Axl Rose e Richard Fortus ao vivo

Há nove anos com o Guns N’ Roses, Richard Fortus demorou a se firmar na cena principal do Rock. Natural de Saint Louis, Estado de Missouri, Estados Unidos, ele obteve sucesso regional com sua primeira banda, The Eyes, principalmente na década de noventa, quando lançou “Freedom In A Cage” (1990) e “Straight To Goodbye” (1991 – este último já com o grupo renomeado como Pale Divine).

O passo seguinte do músico foi integrar o Psychedelic Furs, conjunto para o qual abrira alguns shows. Aproximou-se e desenvolveu relação profissional muito produtiva com os irmãos Richard e Tim Butler, acompanhando-os em um projeto chamado Love Spit Love. Leia o resto deste post »





Guns N’ Roses: guitarrista fala ao Brasil

23 02 2010

Ron Thal ao vivo com Axl Rose

Quando foi indicado por Joe Satriani para substituir Buckethead no Guns N’ Roses em 2006, Ron Thal era apenas um excêntrico guitarrista virtuose conhecido por um pequeno grupo de fãs que admirava incrivelmente suas músicas, técnicas, extravagâncias e inusitadas guitarras “queijo suíço” e “pé de abelha”. Sem grandes repercussões, o novaiorquino seguia uma carreira solo que dava o que falar, principalmente por trabalhos como “The Adventures Of Bumblefoot” (1995), “Hands” (1998) e “Uncool” (2000).

Aprovado por Axl Rose, ele se lançou ao estrelato ocupando o posto que fora de Slash em um dos maiores grupos da história, o Guns N’ Roses. Depois de algumas turnês e da desova do discutido “Chinese Democracy” (2008), Ron “Bumblefoot” Thal conquistou em definitivo o respeito dos aficionados pela lendária banda tanto por suas atuações ao vivo quanto pela maneira de interagir com os fãs. Leia o resto deste post »





Guns N' Roses: guitarrista fala ao Brasil

23 02 2010

Ron Thal ao vivo com Axl Rose

Quando foi indicado por Joe Satriani para substituir Buckethead no Guns N’ Roses em 2006, Ron Thal era apenas um excêntrico guitarrista virtuose conhecido por um pequeno grupo de fãs que admirava incrivelmente suas músicas, técnicas, extravagâncias e inusitadas guitarras “queijo suíço” e “pé de abelha”. Sem grandes repercussões, o novaiorquino seguia uma carreira solo que dava o que falar, principalmente por trabalhos como “The Adventures Of Bumblefoot” (1995), “Hands” (1998) e “Uncool” (2000).

Aprovado por Axl Rose, ele se lançou ao estrelato ocupando o posto que fora de Slash em um dos maiores grupos da história, o Guns N’ Roses. Depois de algumas turnês e da desova do discutido “Chinese Democracy” (2008), Ron “Bumblefoot” Thal conquistou em definitivo o respeito dos aficionados pela lendária banda tanto por suas atuações ao vivo quanto pela maneira de interagir com os fãs. Leia o resto deste post »





Maurício Ricardo fala sobre Os Seminovos, Charges, Dimebag e BBB

7 04 2009

Charges.com.br

seminovos03Há praticamente uma década fazendo a alegria do público com o Charges.com.br, o cartunista e chargista Maurício Ricardo é um fenômeno da Internet e roqueiro de plantão. Personagens inspirados em ídolos e grupos de Rock ‘N’ Roll são frequentes em seus trabalhos. Em dezembro de 2004, ele colocou seu lado crítico em função da música que ama e, com humor e sátira, respondeu aos comentários e críticas descabidos de Arnaldo Jabor no Jornal da Globo após o assassinato do guitarrista Dimebag Darrell (Pantera, Damageplan)¹. Oito meses depois, formou Os Seminovos, atingindo – rapidamente -, projeção nacional e sucesso similar ao que alcançou após anos e anos de luta como chargista até se consolidar como um pioneiro empreendedor da rede mundial de computadores.

Em entrevista exclusiva ao Solada, Maurício Ricardo falou de suas paixões, influências, carreira, Dimebag e a inspiração para a charge sobre os comentários de Arnaldo Jabor. É claro: não faltaram também informações sobre os Seminovos, Charges.com.br, opiniões sobre pirataria e a indústria musical, os humorísticos CQC e Pânico, e Big Brother Brasil. Leia o resto deste post »





O Iron Maiden que o mundo não (ou)viu

26 03 2009
Iron Maiden original: 1968

Iron Maiden original: 1968

Shows lotados, 70 milhões de discos vendidos¹, uma legião de fãs que duas ou três bandas – se é que quaisquer outras além deles – podem se gabar de ter conquistado tocando Heavy Metal, apresentações como atração principal nos maiores festivais europeus, asiáticos, sul-americanos e, eventualmente, norte-americanos, além de clássicos que se tornaram hinos de um estilo e trilhas sonoras de várias gerações. Resumidamente, este é o Iron Maiden de Steve Harris (baixo), Bruce Dickinson (vocal), Dave Murray (guitarra), Adrian Smith (guitarra), Janick Gers (guitarra) e Nicko McBrain (bateria), formado em 1975. Leia o resto deste post »





Ex-Rainbow regrava álbum do Rata Blanca e fica na Argentina para ver o Maiden

21 03 2009

doogiewhite001O vocalista Doogie White (Tank, Cornerstone, ex-Rainbow, Yngwie J. Malmsteen) está na Argentina regravando o álbum El Reino Olvidado (2008 ) do Rata Blanca. Segundo ele, o guitarrista e líder do grupo argentino, Walter Giardino, visa o mercado internacional, principalmente Japão, Alemanha, Canadá, Estados Unidos e países escandinavos.

White confirmou ao Solada que reescreveu todas as letras das músicas em inglês e será o único cantor na nova versão do disco, deixando o atual vocalista da banda, Adrián Barilari, de fora. Leia o resto deste post »