Guns N’ Roses: guitarrista fala ao Brasil

23 02 2010

Ron Thal ao vivo com Axl Rose

Quando foi indicado por Joe Satriani para substituir Buckethead no Guns N’ Roses em 2006, Ron Thal era apenas um excêntrico guitarrista virtuose conhecido por um pequeno grupo de fãs que admirava incrivelmente suas músicas, técnicas, extravagâncias e inusitadas guitarras “queijo suíço” e “pé de abelha”. Sem grandes repercussões, o novaiorquino seguia uma carreira solo que dava o que falar, principalmente por trabalhos como “The Adventures Of Bumblefoot” (1995), “Hands” (1998) e “Uncool” (2000).

Aprovado por Axl Rose, ele se lançou ao estrelato ocupando o posto que fora de Slash em um dos maiores grupos da história, o Guns N’ Roses. Depois de algumas turnês e da desova do discutido “Chinese Democracy” (2008), Ron “Bumblefoot” Thal conquistou em definitivo o respeito dos aficionados pela lendária banda tanto por suas atuações ao vivo quanto pela maneira de interagir com os fãs. Continue lendo »

Anúncios




Guns N' Roses: guitarrista fala ao Brasil

23 02 2010

Ron Thal ao vivo com Axl Rose

Quando foi indicado por Joe Satriani para substituir Buckethead no Guns N’ Roses em 2006, Ron Thal era apenas um excêntrico guitarrista virtuose conhecido por um pequeno grupo de fãs que admirava incrivelmente suas músicas, técnicas, extravagâncias e inusitadas guitarras “queijo suíço” e “pé de abelha”. Sem grandes repercussões, o novaiorquino seguia uma carreira solo que dava o que falar, principalmente por trabalhos como “The Adventures Of Bumblefoot” (1995), “Hands” (1998) e “Uncool” (2000).

Aprovado por Axl Rose, ele se lançou ao estrelato ocupando o posto que fora de Slash em um dos maiores grupos da história, o Guns N’ Roses. Depois de algumas turnês e da desova do discutido “Chinese Democracy” (2008), Ron “Bumblefoot” Thal conquistou em definitivo o respeito dos aficionados pela lendária banda tanto por suas atuações ao vivo quanto pela maneira de interagir com os fãs. Continue lendo »





O Iron Maiden que o mundo não (ou)viu

26 03 2009
Iron Maiden original: 1968

Iron Maiden original: 1968

Shows lotados, 70 milhões de discos vendidos¹, uma legião de fãs que duas ou três bandas – se é que quaisquer outras além deles – podem se gabar de ter conquistado tocando Heavy Metal, apresentações como atração principal nos maiores festivais europeus, asiáticos, sul-americanos e, eventualmente, norte-americanos, além de clássicos que se tornaram hinos de um estilo e trilhas sonoras de várias gerações. Resumidamente, este é o Iron Maiden de Steve Harris (baixo), Bruce Dickinson (vocal), Dave Murray (guitarra), Adrian Smith (guitarra), Janick Gers (guitarra) e Nicko McBrain (bateria), formado em 1975. Continue lendo »





Steve Rothery fala de seus craques

23 03 2009

O guitarrista Steve Rothery do Marillion é o novo convidado da seção “Meus Craques”.

Muito simpático, o músico nos falou de seus ídolos e influências.

Confira tudo o que ele teve a dizer sobre músicos como David Gilmour, Jimi Hendrix, Steve Hackett, Jeff Beck e Eddie Van Halen clicando aqui.





Ex-Rainbow regrava álbum do Rata Blanca e fica na Argentina para ver o Maiden

21 03 2009

doogiewhite001O vocalista Doogie White (Tank, Cornerstone, ex-Rainbow, Yngwie J. Malmsteen) está na Argentina regravando o álbum El Reino Olvidado (2008 ) do Rata Blanca. Segundo ele, o guitarrista e líder do grupo argentino, Walter Giardino, visa o mercado internacional, principalmente Japão, Alemanha, Canadá, Estados Unidos e países escandinavos.

White confirmou ao Solada que reescreveu todas as letras das músicas em inglês e será o único cantor na nova versão do disco, deixando o atual vocalista da banda, Adrián Barilari, de fora. Continue lendo »





Alice In Chains e Nine Inch Nails comandam o Soundwave Festival

9 03 2009
Jerry Cantrell do Alice In Chains

Jerry Cantrell do Alice In Chains

Os leitores do Solada com mais de 18 anos se lembrarão de uma época no Brasil em que os megafestivais faziam a festa dos fãs de Rock. Tivemos Rock In Rio, Hollywood Rock e, na década de noventa, o Monsters Of Rock – os três trazendo atrações de ponta apesar de, às vezes, de gosto pra lá de duvidoso.

Com os novos rumos tomados pela indústria fonográfica, pelo menos no exterior os tradicionais grandes festivais se mantiveram e alguns se fortaleceram. Desde Wacken (Alemanha), Sweden Rock Festival (Suécia) e Pinkpop (Holanda) até os mais recentes, como Download (Inglaterra), Hellfest (França) e Soundwave (Austrália), todos vêm ganhando força e atraindo cada vez mais artistas e público. É uma ótima oportunidade para bandas novas se apresentarem para mais gente, e para bandas de médio e grande porte tocarem em lugares que, sozinhas, jamais seriam capazes de lotar. Continue lendo »





David Campbell comenta trabalhos com Metallica e Kiss

19 02 2009

Nossa seção “Entre-vistas” acaba de ganhar mais um nome de peso: David Campbell, arranjador, regente e compositor responsável pelos arranjos de The Unforgiven III do álbum Death Magnetic do Metallica e pela regência da Orquestra Sinfônica de Melbourne para Kiss Symphony: Alive IV do Kiss.

Leia aqui a entrevista que realizamos com David, quem nos contou e comentou sua participação no maior sucesso do Metallica nos últimos anos, assim como no ao vivo com orquestra do Kiss.