O Iron Maiden que o mundo não (ou)viu

26 03 2009
Iron Maiden original: 1968

Iron Maiden original: 1968

Shows lotados, 70 milhões de discos vendidos¹, uma legião de fãs que duas ou três bandas – se é que quaisquer outras além deles – podem se gabar de ter conquistado tocando Heavy Metal, apresentações como atração principal nos maiores festivais europeus, asiáticos, sul-americanos e, eventualmente, norte-americanos, além de clássicos que se tornaram hinos de um estilo e trilhas sonoras de várias gerações. Resumidamente, este é o Iron Maiden de Steve Harris (baixo), Bruce Dickinson (vocal), Dave Murray (guitarra), Adrian Smith (guitarra), Janick Gers (guitarra) e Nicko McBrain (bateria), formado em 1975.

Cerca de uma década antes do surgimento deste fenômeno, outro Iron Maiden circulava pela cena britânica em busca de um pouco de atenção e reconhecimento. Além do nome e do Rock, com as guitarras em realce, o grupo sessentista de Essex, Inglaterra, assemelhava-se ao bem-sucedido xará pela figura de seu líder, Barry Skeels, também baixista. Vários músicos entraram e saíram do conjunto, mas ele permaneceu até o encerramento das atividades da banda em 1970.

“Eles estão no Brasil novamente?”, questionou Skeels ao ser comunicado pelo Solada da recente turnê do Maiden de Harris pela América do Sul. ”É incrível! Eu nunca imaginei que o Iron Maiden fosse se transformar em um gigante do Rock. Pelo menos, não o meu (risos)”.

Bem-humorado, porém, em tom mais sério, o músico, dono da Offbeat Management e ainda em atividade com a The Black River Band, ressalta os feitos do homônimo de seu findado projeto. “Nós éramos insignificantes comparados a tudo isso que eles conquistaram. Excursionar por todos os continentes e se transformar em uma entidade com ídolos mundiais jamais se aproximou da nossa realidade. Eles triunfaram em um meio difícil e alcançaram coisas que nem grupos medianos ou grandes conseguem. De certa forma, sinto orgulho disso. Acho que é porque temos algo em comum (risos)”.

Iron Maiden original não tinha cara de bunda, mas o nome...

Iron Maiden original não tinha cara de bunda, mas o nome...

O ex-baixista relembra a fundação de seu Iron Maiden com satisfação, mesmo que faça ressalvas e ria dos primeiros passos que deram. “Começamos a trabalhar como Iron Maiden em 1968 com Steve Drewett nos vocais, Trevor Thoms na guitarra, Paul Reynolds na bateria e eu no baixo. Antes disso, tocamos por mais ou menos dois anos com o nome Bum. Penso que não foi a decisão mais sábia iniciar uma banda nomeando-a bunda (risos)”.

A vertente musical? Apesar de referências similares às de Harris, a descrição de Barry Skeels definitivamente não nos dá a idéia de músicas que escutaríamos em álbuns como Killers (1981), The Number Of The Beast (1982) e Powerslave (1984). “Nós seguíamos uma linha que mesclava Rock, Blues, Pop e Progressivo. Éramos da mesma época de lendas como Deep Purple, Led Zeppelin e King Crimson e havia algumas semelhanças entre o som deles e o nosso. No entanto, as raízes Blues geralmente se destacavam em nossas composições”, afirma.

As risadas e a descontração param e dão lugar à esquiva quando o indago se o “Iron Maiden famoso” tinha consciência do Iron Maiden que o precedeu. “Nós abrimos shows para The Who, Jethro Tull, Fleetwood Mac, David Bowie. Tínhamos uma boa reputação na região de Londres. Tocávamos frequentemente. Certa vez, conversei com Steve Harris e o antigo guitarrista deles, não me lembro o nome agora”. Logo pensei em Dennis Stratton e sugeri que fora ele o músico que Barry encontrara. “Sim. Ele mesmo”, confirmou. “O baterista, Clive Burr, também nos encontrou. Eles eram muito jovens e talentosos”.

David Bowie e Iron Maiden no Experimental Music Concert - 28 de fevereiro de 1970

David Bowie e Iron Maiden no Experimental Music Concert - 28 de fevereiro de 1970

Ao perceber que minha pergunta resultara em um tremendo vácuo, resolvi repeti-la e finalmente obtive uma resposta satisfatória. “Nós chegamos a gravar um álbum naquela época, entretanto, ele não saiu na Inglaterra. Foi lançado apenas na Alemanha, acho. Curiosamente, não tivemos tanto sucesso como Iron Maiden como quando nos apresentávamos como Bum (risos). Harris sabia de nossa existência, sem dúvida. Contudo, acredito que ele conhecia ou ouvira falar do Bum, não do Iron Maiden”.

Atual empresário do Skyclad, ex-agente de turnê, técnico de guitarra e baixo do Venom, ele vê com naturalidade o surgimento de outro Iron Maiden após o seu. “Eu fiquei irritado no começo, porque pensei que fosse algum membro do Iron Maiden que eu havia fundado e que levara o nome consigo. Todavia, não foi isso que aconteceu. Era outra banda e eles já estavam com tudo encaminhado para se transformarem em um supergrupo. Nós, por outro lado, tínhamos encerrado atividades há muito tempo. Logo, aquilo não me incomodou”.

ironmaiden_maidenvoyageEm 1998, a Audio Archives lançou “Maiden Voyage”, único registro original do Iron Maiden que o mundo não ouviu. “Nós não somos muito assediados, mas há certa curiosidade das pessoas quanto ao que fizemos. Isso ficou mais intenso após a explosão da Internet. Mais que nunca, as pessoas sabem que existiu um Iron Maiden antes do Iron Maiden que todos conhecem. A Audio Archives nos procurou por causa disso. Eu guardei várias gravações em casa e levei a eles. Foi legal lançarmos material oficial depois de tanto tempo”.

Como o disco soa para Barry? “É divertido. Talvez muito suave para fãs de Iron Maiden, mas compusemos boas músicas progressivas e, de certa maneira, sombrias”.

Para ele, os conjuntos com os quais toca hoje em dia não seriam recomendáveis aos entusiastas de Harris, Dickinson & cia., entretanto, uma audição não faz mal a ninguém. “Certamente não é o que eles [N. do E.: fãs do Iron] procuram, porém, deem-nos uma chance (risos). Vai que vocês gostam da Black River Band e do extinto Ambience UK. É possível”.

Interrompidos por uma urgência na Offbeat Management, finalizamos a conversa, contudo, ainda em tempo para Barry Skeels fazer uma ‘ligeira’ propaganda e assegurar o potencial do Skyclad de conquistar admiradores do Maiden. “Acredito que tem tudo a ver. O Skyclad traz elementos de Folk em sua música, mas é rápido, melódico, Metal. O novo álbum deles, ‘In The… All Together’, é excelente e sairá em maio próximo. Confiram e curtam os shows do Iron Maiden”.

Por Thiago Sarkis

¹ Iron Maiden – site oficial http://www.ironmaiden.com/index.php?categoryid=8&p2_articleid=831

Sites relacionados:
Offbeat Management: www.offbeat-management.co.uk
The Black River Band: www.blackriverband.biz
MySpace do Skyclad: www.myspace.com/officialskyclad
MySpace do Ambience UK: www.myspace.com/ukambience


Ações

Information

42 responses

26 03 2009
Maindeniac

Só por causa do nome já devia ser boa essa banda. Iron Maiden é bom de qualquer jeito.

3 08 2009
nil-setentista xiita

essa banda sim fazia o rock puro, original, criativo, que pena q o iron q veio a seguir só copiou o nome

26 03 2009
Trevor Maia

Iron Maiden… falta originalidade a essa bandinha até para escolher nome.

3 08 2009
nil-setentista xiita

q pena q o iron do harris fez aquela merda depois

26 03 2009
Yuri

É claro que o Harris sabia, mas e daí? O Iron Maiden dele é muito melhor que esse aí.

O cara desse Maiden parece ser gente boa.

26 03 2009
NH

CONCORDO!!

26 03 2009
Evil Dan

Mesmo se o Maiden de Harris tivesse o nome de Bun**, faria sucesso

26 03 2009
Leandro Cardoso

Já conhecia a história, mas ver uma entrevista de um ex-integrante do “outro” Iron Maiden foi muito legal. Gostaria de conhecer o som que faziam, vou procurar.
Pelo que eu sei, bandas com nomes iguais são fato corriqueiro no mundo da música, por exemplo, alguém sabia que havia um Slipknot que faz hardcore antes do que a banda de New Metal que todos conhecem?
Não sei como funciona o registro de nomes, mas nesse caso do Iron e no do Slipknot, não fiquei sabende de nenhuma disputa judicial.
Um recado ao senhor Trevor Maia: pode não ser um nome original, mas não seja um verdadeiro burro de querer depreciar a história, a influência, a originalidade do Maiden. Você tem todo o direito de não gostar, talvez porque tenha inveja do sucesso alheio, mas se é para fazer críticas destrutivas e postar merda, favor guardar sua opinião para si mesmo.

26 03 2009
Lucas

Eu tbem já conhecia, mas mto pouco, essa banda, mto legal acharem um integrante da banda p entrevistar, mto massa a matéria.

Leandro: o Steve Harris já deu entrevista dizendo que não se importa que essa banda relance o álbum, afinal, nessa altura do campeonato eles não prejudicariam o Iron Maiden – do Steve Harris- de maneira alguma.

Mas que deu curiosidade pra conhecer o som da banda deu viu…

26 03 2009
ilustrasarteclube

Thiago, muito bacana seu post. Acabei de conhecer seu blog e gostei muito, sou grande fã do Iron, acho q é bacana relembrar esse fato.
Amem ou odeiem o Maiden, uma coisa é certa, a banda não tem o trabalho reconhecido mundialmente á toa. É difícil hoje para os artistas poderem ter realmente personalidade e ditarem seus próprios caminhos, acredito que o Maiden tem mensagens muito positivas e um trabalho grandioso que merece respeito.
Um abraço e parabéns pelo blog.
Rodrigo

26 03 2009
Thiago Sarkis

Obrigado, Rodrigo. Concordo com você. Espero vê-lo por aqui mais vezes e, se possível, também em nossa comunidade no Orkut.

Abraços!

26 03 2009
Breno

Excelente matéria! Mas gostaria de ver o que o Steve tem a falar sobre isso. Seria legal uma entrevista com o Harris para sabermos se ele sabia ou não sabia da existência desse outro maiden, quando ele escolheu o nome para a banda.

26 03 2009
Control Denied

“Trevor Maia (13:24:13) :

Iron Maiden… falta originalidade a essa bandinha até para escolher nome.”

tsc…..otário….

26 03 2009
Top Posts « WordPress.com

[…] O Iron Maiden que o mundo não (ou)viu Shows lotados, 70 milhões de discos vendidos¹, uma legião de fãs que duas ou três bandas – se é que quaisquer […] […]

26 03 2009
Gabiru

Thiago, o Iron Maiden pode ser considerado maior do que o Metallica? Acho que os critérios precisam ser definidos, mas sendo objetivo: o Iron vendeu mais do que o Metallica?

Tentei dar uma googlada pra saber e não encontrei muita coisa. A maior parte das informações vem dos dados da Nielsen e da RIAA, voltados pros EUA. Nesses índices, o Metallica vendeu muito mais. Neste link (http://www.rocknrollview.com/blog/2009/02/07/best-selling-heavy-metalhard-rock-bands-of-all-time/), o IM aparece como um vendedor maior.

No entanto, tenho a impressão, talvez em função dos dias atuais, que o Metallica é uma banda muito mais influente atualmente. Independente do lugar do mundo, é headliner e toca em estádio. E é justamente um período de queda de vendagens de discos, o que influenciaria negativamente a performance da banda do Hetfiled nos rankings.

Acho que era isso!
Abraço.

27 03 2009
Thiago Sarkis

Breno, tentaremos isso, mas é difícil.

Gabiru, por incrível que pareça, acho que Metallica e Iron Maiden vivem em mundos diferentes hoje. No Metal, exclusivamente, não vejo uma banda que consiga se aproximar do Maiden em termos de popularidade. O que parou o Maiden, em diversos aspectos, foi a dificuldade que a banda encontrou para realmente explodir nos EUA.

O Metallica toca Metal, mas penso que desde o “Black Album”, deixou de ser uma entidade exclusiva deste gênero musical. O Iron Maiden também tem alcance em outros meios, mas não tanto quanto o Metallica. O que ressaltei é que, no Metal, exclusivamente, é difícil, senão impossível, ver outra banda que tenha alcançado e mantido esta popularidade do Maiden.

Valeu, Rafael e Bruno. O Skeels é um cara muito solícito e simpático de fato.

PauloSixx, obrigado pela observação e fico feliz em ver que o texto conseguiu colocar as coisas nos eixos.🙂

Erick, muito obrigado! O Iron Maiden consegue reunir muitas gerações mesmo.

Claudio, o Iron Maiden dos anos sessenta não é lameira não, nem o Skyclad. Vale conferir os dois.

Felipe, concordo com você, mas é inevitável. As comparações são inevitáveis e, em casos de bandas gigantescas como Metallica e Iron Maiden, geralmente os fãs criam uma rivalidade mesmo. Não concordo com isso e o texto nem suscita qualquer rivalidade entre as bandas, mas, para alguns fãs, a rivalidade existe e respeito isso.

Jaderson, disse tudo. Também gosto do “Maiden Voyage”.

Fernando, será que nunca mais teremos um clássico do Maiden? Eu também não sinto que eles estejam neste caminho, mas, não duvido de uma banda deste porte e com músicos tão gabaritados. Talvez o primeiro passo para um clássico seja a banda se concentrar mais no álbum que em shows. Ah, e tirar um guitarrista – nem preciso dizer quem – também não faria mal.

Michael, essa questão de nomes de bandas é curioso. Há vários homônimos e só nomes estapafúrdios escapam do risco dos homônimos. Aliás, nomes diferentes e inusitados, hoje em dia, são ainda mais importantes, pois facilitam a busca pelas bandas na principal ferramente de divulgação delas: a Internet. Algumas bandas novas já perceberam isso e pintaram com algumas idéias piradas. Por exemplo, Success Will Write Apocalypse Across The Sky. Não que seja essa a saída, mas é possível que vá surgir outra banda com este nome. Aí sim, caso surja, pode saber que é cópia. Demorei quase 50 minutos só para digitar o nome da banda.

26 03 2009
Bruno

Interessante, heheh. Eu conheço a história do R.E.M., que teve que fazer o nome com os pontinhos porque já tinha uma chamada REM, e outra com o significado da sigla (Rapid Eyes Movements)…

27 03 2009
Rafael Duarte

Cara, que puta texto legal! Parabéns. Mr. Skeels parece ser um cara bacana mesmo!
Abraço

27 03 2009
PauloSixx

Interessante esta matéria… embora em princípio tenha ficado a entender que se trata de uma banda apenas desde 1968.
Mas as coisas se esclarecem na leitura completa.
=)

27 03 2009
erick

Olha tenho 34 anos e fui no show do maiden aqui no rio, além de um espetáculo simplesmente fantástico apresentado pela banda fiquei impressionado com a renovação do público, formado por muitos jovens, além da galera trintona e pais que levaram seus filhos. Foi mto legal sem duvida ver mtos pais e filhos curtindo a mesma banda. E o show foi inesquecível!
Sarkis, sou teu fã e parabéns pelo blog

27 03 2009
claudio

isso deve ser uma lameira …

3 08 2009
nil-setentista xiita

melhor do q colocarem tres guitarristas pra fazerem aquela merda de heavy

27 03 2009
Felipe

Não vejo porque introduzir uma falsa rivalidade entre Metallica e Iron Maiden aqui nos comentários. Digo, é irrelevante se uma banda vendeu mais ou menos, esse tipo de comentário só vai gerar uma disputa inútil entre aqueles que preferem Metallica e os que preferem Maiden. E sinceramente, acredito que todo mundo já está cansado dessas discussões de “banda x contra banda y” que não levam a lugar algum.

27 03 2009
Jaderson Policante

Bela Matéria Thiago…gostei bastante….

Qto ao disco Maiden Voyage,já o ouvi,e recomendo pra quem gosta de progressivo e um pouco de psicodelia sessentista…
Acho o som dessa banda bem parecido com o Iron Butterfly…

27 03 2009
André

Muito boa essa matéria, muita coisa eu nao sabia sobre o Iron
http://temxtudo.wordpress.com/

27 03 2009
Fernando Mendes

Muito bom Sarkis , exelente materia !!!

Indiscutivelmente Iron è uma banda fantastica , mas está muito em evidencia
seus ultimos discos não tiveram a essencia dos anos 80 , e com certeza não terá mais , pq vivem agora de mega shows e merchandise , não precisam mais fazer albuns bons pros fans , que ja se acostumaram a ir nos shows aqui no Brasil e escutar sempre os mesmos classicos ….. é frustante pesnsar que nunca mais teremos um classico feito por Steve e sua turma , o jeito é conformar !

27 03 2009
Michael Meneses!

Bandas com nomes iguais: Skid Room, Nirvana, no caso do Nirvana existiu uma nos anos 70 (ou 60) e no inicio dos anos 90 existiu uma no bairro de Campo Grande na zona oeste carioca.

Tenho um pequeno selo que acaba de lançar o primeiro disco da banda cairoca Repúdio, pelo o que sabemos existe uma banda de mesmo nome no Mexico e outra no Mato Grosso.

No Rio também temos os veteranos do Taurus que eventualemente aparecem banda com o mesmo nome.

abraços

27 03 2009
Iron Maiden original… 1968! « Minuto HM

[…] não tirar os méritos de uma excelente fonte, compartilho com vocês um pouco da história dos caras.  Iron Maiden (aka BUM) – […]

27 03 2009
David taylor

Iron maiden é uma banda de qualidade e respeitada,sobre o outro iron é bom mas o metal já tem o seu
maiden.

27 03 2009
Stroke

Bem, Metallica e Iron são duas gigantes bandas, mas o Iron é melhor.

Independente de quem vendeu mais discos, o iron foi mais importante na influencia de outras bandas e tinha melhores músicas e shows.

27 03 2009
Apollo

Grande matéria! Mas agradeça à mim, pois fui eu quem sugeri vc fazer uma matéria sobre isso, quando vc fez a matéria sobre aquela capa parecida do Bruce dikinson com uma banda dos anos 70, lembra? hehehe brincadeiras a parte, parabenizo vc, Thiago. Basta sabermos o lado da outra moeda. O que o Steve tem a falar sobre a declaração desse Skeels. Todo mundo ta curiso pra saber o que o Stevão tem a falar sobre isso rsrsrs. Sou ultra, mega fanático pelo maiden, mas não vou deixar de ser fanático mesmo se um dia o Steve falasse que copiou o nome dessa outra banda. O nome é dele, é dono quem registra. E o Steve registrou! Mas que pinta uma curiosidade de saber qual a verdade, isso eu não vou negar, rsrsrs.

27 03 2009
Thiago Sarkis

É verdade, Apollo. Muitas vezes as matérias aqui do Solada saem de sugestões que recebemos na comunidade do Solada no Orkut ou no nosso e-mail.

Agradeço sim pela sugestão preciosa e por sua colaboração.

Acredito que o Barry deixou as coisas claras quando disse que o Harris os conhecia, mas provavelmente como Bum, não como Iron Maiden.

O Harris fala sobre essa questão do nome em DVD, já falou outras vezes. Não acredito que seja um ponto em questão. É apenas uma curiosidade saber mais sobre este Iron Maiden que “ninguém” (obviamente é modo de dizer) viu e ouviu.

27 03 2009
RodriGoiano

nuss, sério? Nunca mais vou ouvir Maiden por causa disso [/ironic]

28 03 2009
Joe Pedrosa

Esse cara é gente fina. Se fosse outro certamente falaria coisas nada legais da Donzela do Steve Harris ou teria processado pra ganhar uma grana.

Ótima matéria, Thiago.

28 03 2009
Apollo

É verdade Thiago, inclusive na biografia oficial “run to the hills”, o Steve fala: “Nós recebemos um telefonema num bar, no início da carreira, de uma outra banda dizendo também se chamar iron maiden, num sei se foi um trote, mas nós NUNCA MAIS OUVIMOS FALAR MAIS NADA, portanto aquilo pode ter sido um dos meus amigos me passando um trote, eu não sei.” Agora nessa entrevista, o Sr. Skeels, diz que falou com os caras do maiden famoso quando eles eram jovens (e talentosos, rsrs). Ou seja um dos 2 está mentindo, pois o steve diz nessa biografia (lançada em 98) que não sabe se foi um trote e que nunca mais ouviu falar no assunto.

30 03 2009
Breno

Eu tenho esse disco em digipack…hehehehehe
Muito foda

31 03 2009
Jessica Ailanda

Eu já tinha ouvido essa banda, só que nem sabia daonde era. Na verdade quando ouvi (a música que ouvi e faz alguns anos) pensei que fosse algum projeto paralelo do Roger Waters, ou algo do tipo. Ok, pra quem já ouviu sabe que não tem muito a ver, mas minha imaginação é terrível.

Concordo plenamente com o Leandro Cardoso.
E sobre a disputa: Maiden x Metallica , é óbvio que vão falar que o Metallica vendeu mais. Ou esse alguém aí que postou falando sobre isso não sabe que EUA e Inglaterra tem uma rivalidade centenária?

Eu tenho 17 e também fui ao show do Rio, eu iria anteontem ao de Recife, mas tinha prova na faculdade. O show foi memorável, o melhor da minha vida, sem hipérbole alguma. Como o Erick disse, ver Crianças, jovens, adultos, idosos, famílias inteiras, reunidos vendo e ouvindo Heavy Metal da melhor qualidade não teve preço. Me vi ali mais velha com meus filhos(tomara que até lá eles ainda estejam na ativa, porque banda boa a cada dia torna-se raridade, convenhamos).

Gostei muito do seu blog, parabéns Thiago =)

31 03 2009
hipermétrope

Esse problema do nome não é brincadeira. Imagine se o Iron Maiden, n~~ao se chamasse Iron Maiden. Falando nisso, Iron Maiden é um excelente nome para uma banda de rock.

Por falar em rock, eu postei no meu blog, uma lista das 10 maiores/melhores bandas de rock do Brasil.
http://abutre236.wordpress.com/2009/03/31/as-10-melhores-bandas-de-rock-do-brasil/

Vlw

7 04 2009
vladimir

Já ouvi este dico do Iron Maiden primitivo. É um som honesto, bem característico do final dos anos 60. Um hard/blus/prog legal. Se procurarem em alguns blogs que disponibilizam mp-3, como o lágrima psicodélica ou orixis of death poderão ouvir também.

31 05 2009
Benedito Machado

Bom, por falar em algo “mal feito”, tenho uma reclamação a fazer. Em TODOS (eu disse TODOS) os meios de comunicação da imprensa especializada em metal desse país, eu vejo um erro que eu não aguento mais ver. Todos os sites e revistas atribuem a origem do nome IRON MAIDEN com uma ligação da ex-primeira ministra inglesa Margaret Thatcher que tinha o apelido de IRON LADY. Já vi inúmeras discursões sobre o iron maiden que existiu antes do iron famoso. Mas o que eu acho muito mais interessante seria abordar esse tremendo erro que inclusive a maioria dos fãs cometem e dizem que o nome da banda é por causa de margaret thatcher. Bom, vejam o que o Steve fala sobre essa comparação nessa entrevista de 1979 para a revista sounds:
http://nwobhm.info/nwobhm/index.php?option=com_content&task=view&id=316&Itemid=42

Bom, Thiago, eu adoraria ver uma matéria sobre isso, sobre esse erro que quase todos cometem. Pois é até engraçado quando as pessoas falam que o nome da banda é por causa da IRON LADY britânica rsrsrs.

24 07 2009
RickHarrisBR

Parabéns a matéria é muito interessante e surpreendeu ver a maturidade Mr. Skeels.

3 08 2009
nil-setentista xiita

ouvi essa banda e achei espetacular, muito melhor q a do steve harris, q fez um puta heavy comercial

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: