Demos do Death chegarão à família de Chuck Schuldiner

4 03 2010

Borivoj Krgin, crítico musical, fundador e autor do site Blabbermouth, proverá fitas das primeiras Demos do Death – algumas delas da época em que a banda ainda se chamava Mantas – à família do finado vocalista e guitarrista Chuck Schuldiner.

“Espero que eles possam lançá-las em um futuro não-tão distante. Acho que a Relapse poderá lançá-las”, afirmou o jornalista.

Antes disso, porém, os fãs podem esperar pelo lançamento do segundo disco do Control Denied, já confirmado pela família Schuldiner.

Por Thiago Sarkis





Coldplay: despreparado e pequeno para os estádios brasileiros

3 03 2010

Chris Martin

Talvez o show na pista VIP e na área de imprensa tenha sido diferente, tamanha a euforia das resenhas publicadas até agora. Quem esteve na pista normal não teve muitos motivos para ter saído satisfeito após a apresentação do Coldplay, nesta última terça-feira, no Morumbi. Inicialmente, porque a qualidade de som foi péssima. Volume baixo, instrumentos embolados, plateia desinteressada, tudo jogou contra a performance do quarteto inglês.

Culpa da própria banda. O setlist começou quente, queimando hits do porte de “Clocks“, “In My Place” e “Yellow” na primeira parte do show. Com o som péssimo e o público ainda entrando e se ambientando ao estádio, a tática de ganhar a plateia logo de cara e depois ir só cozinhando o show, que se permite inferir do formato do repertório, desmoronou. Pela primeira vez, presenciei um público vaiar a banda principal e pedir que se aumentasse o volume. Leia o resto deste post »





Solada no Twitter

2 03 2010

O Solada está também no Twitter. Siga-nos: http://www.twitter.com/soladamista





Richard Fortus: Bossa Nova ao Guns N' Roses

2 03 2010

Axl Rose e Richard Fortus ao vivo

Há nove anos com o Guns N’ Roses, Richard Fortus demorou a se firmar na cena principal do Rock. Natural de Saint Louis, Estado de Missouri, Estados Unidos, ele obteve sucesso regional com sua primeira banda, The Eyes, principalmente na década de noventa, quando lançou “Freedom In A Cage” (1990) e “Straight To Goodbye” (1991 – este último já com o grupo renomeado como Pale Divine).

O passo seguinte do músico foi integrar o Psychedelic Furs, conjunto para o qual abrira alguns shows. Aproximou-se e desenvolveu relação profissional muito produtiva com os irmãos Richard e Tim Butler, acompanhando-os em um projeto chamado Love Spit Love. Leia o resto deste post »





Richard Fortus: Bossa Nova ao Guns N’ Roses

2 03 2010

Axl Rose e Richard Fortus ao vivo

Há nove anos com o Guns N’ Roses, Richard Fortus demorou a se firmar na cena principal do Rock. Natural de Saint Louis, Estado de Missouri, Estados Unidos, ele obteve sucesso regional com sua primeira banda, The Eyes, principalmente na década de noventa, quando lançou “Freedom In A Cage” (1990) e “Straight To Goodbye” (1991 – este último já com o grupo renomeado como Pale Divine).

O passo seguinte do músico foi integrar o Psychedelic Furs, conjunto para o qual abrira alguns shows. Aproximou-se e desenvolveu relação profissional muito produtiva com os irmãos Richard e Tim Butler, acompanhando-os em um projeto chamado Love Spit Love. Leia o resto deste post »





Faith No More transmite show ao vivo pelo Chatroulette

27 02 2010
Mike Patton ao vivo em 2009

Mike Patton ao vivo em 2009

O Faith No More, grupo conhecido tanto por sua música quanto pelas constantes bizarrices às quais adere, detonou mais uma esquisitisse ontem, 26 de fevereiro (sexta-feira), durante apresentação no Soundwave Festival em Melbourne, Austrália.

O show da banda foi transmitido na íntegra e ao vivo no Chatroulette, famoso site no qual estranhos são conectados aleatoriamente em webchat com câmera. Criado em novembro de 2009 pelo russo Andrey Ternovskiy, o serviço ganhou os noticiários no início deste ano devido a seu dinamismo e à interminável gama de atuações dos usuários. Contra-indicado a menores de dezesseis anos, Leia o resto deste post »





Guns N' Roses: guitarrista fala ao Brasil

23 02 2010

Ron Thal ao vivo com Axl Rose

Quando foi indicado por Joe Satriani para substituir Buckethead no Guns N’ Roses em 2006, Ron Thal era apenas um excêntrico guitarrista virtuose conhecido por um pequeno grupo de fãs que admirava incrivelmente suas músicas, técnicas, extravagâncias e inusitadas guitarras “queijo suíço” e “pé de abelha”. Sem grandes repercussões, o novaiorquino seguia uma carreira solo que dava o que falar, principalmente por trabalhos como “The Adventures Of Bumblefoot” (1995), “Hands” (1998) e “Uncool” (2000).

Aprovado por Axl Rose, ele se lançou ao estrelato ocupando o posto que fora de Slash em um dos maiores grupos da história, o Guns N’ Roses. Depois de algumas turnês e da desova do discutido “Chinese Democracy” (2008), Ron “Bumblefoot” Thal conquistou em definitivo o respeito dos aficionados pela lendária banda tanto por suas atuações ao vivo quanto pela maneira de interagir com os fãs. Leia o resto deste post »








Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.